fbpx
Saiba como uma análise SWOT pode impulsionar sua empresa

Análise SWOT para empresas: o que é e como fazer a sua

4 min de leitura

Você já ouviu falar em análise SWOT? Ferramenta tradicional dos planos de negócio, essa matriz também pode ser usada por pequenas e médias empresas com mais tempo no mercado!

Quer saber mais? Preparamos um guia completo para você colocar essa estratégia em prática e dar os próximos passos na sua jornada empreendedora.

Continue lendo!

O que é a análise SWOT?

A análise ou matriz SWOT é uma avaliação aprofundada de pontos fortes do negócio e desafios que ele pode enfrentar.

A sigla é uma abreviação, em inglês, das palavras Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Por conta disso, ela também é chamada de análise FOFA no Brasil.

Avaliação ajuda a planejar estratégia empresarial

A análise SWOT é uma ferramenta poderosa quando o assunto é planejamento e estratégia. Com ela, você pode enxergar com praticidade e clareza quais são os pontos de atenção para o futuro do seu negócio.

Esse tipo de avaliação pode ser útil, em especial, para quem está desenvolvendo um planejamento estratégico. A análise SWOT é um dos primeiros passos para a elaboração desse documento.

E atenção: é importante que tanto a SWOT quanto o planejamento estratégico sejam revisados com frequência, para que você sempre tenha em mãos as informações mais atuais.

Conte com a ajuda do seu time para fazer a análise SWOT da sua empresa

Como fazer a análise SWOT da minha empresa?

Com a matriz SWOT pronta, você terá uma visão clara e prática do cenário atual do seu negócio, bem como do mercado em que você está inserido. Informações valiosas para pequenas e médias empresas, certo?

Para começar a matriz SWOT da empresa, defina seu objetivo. Por exemplo, uma avaliação do cenário para um lançamento específico ou um reposicionamento do negócio no pós-crise.

Depois, é o momento de avaliar recursos, ambiente interno e o seu mercado. Também vale contar com a participação de sua equipe nesse momento!

Passo a passo para criar sua matriz SWOT

Não sabe por onde começar sua análise? Dividimos o processo em algumas etapas para te ajudar!

  1. Forças

O item Forças diz respeito ao ambiente interno da sua empresa, ou seja, aspectos sobre os quais o empreendedor tem controle. São seus principais diferenciais com relação aos concorrentes. Aqui, podem ser incluídos:

– Recursos humanos;

– Equipamentos;

– Experiência e reputação no mercado;

Seu marketing;

– Localização.

  1. Fraquezas

Se de um lado temos as vantagens, as Fraquezas se referem a desvantagens competitivas em relação aos seus principais concorrentes. Isso nos lembra o quão importante é ficar de olho na sua concorrência!

Pense no que pode prejudicar sua empresa:

– Situação financeira;

– Rotatividade de funcionários;

– Custos elevados;

– Dificuldades de logística.

Repare que, assim como as Forças, são aspectos sobre os quais sua empresa pode atuar e melhorar.

  1. Oportunidades

É o momento de olhar o mercado em que seu negócio se insere. As Oportunidades são fatores externos que favorecem seu serviço ou produto, como por exemplo:

– Mudanças de comportamento do consumidor ;

– Tendências de consumo;

– Grandes eventos e datas comemorativas.

Note que, ao contrário dos itens anteriores, esses não podem ser controlados diretamente pelos empreendedores.

  1. Ameaças

Já as Ameaças formam um contexto que pode prejudicar o negócio. Por isso, também é importante mantê-las no radar enquanto dono de uma PME. Por exemplo:

– Preços de materiais;

– Alta do dólar;

– Condições climáticas;

O quadrante ajuda a representar a análise SWOT de uma empresa (adaptada do blog Run Run It)

Ao final, você pode organizar todos esses dados de forma visual. A visualização em quadrantes é uma das mais tradicionais, mostrando as informações lado a lado.

Da teoria à prática: use a análise SWOT em sua estratégia

Acima de tudo, a matriz SWOT deve ser mais um material para uma atuação estratégica. Consulte-a sempre para ter em mente aspectos importantes – seja da empresa ou do mercado em geral – para tomar as melhores decisões!

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam útil: 2 de 2

Gostou? Compartilhe!

Pode ser que você goste...

Dia do Cliente: prepare-se para vender mais nesta data!

3 min de leitura O Dia do Cliente já está marcando presença no calendário comercial brasileiro! Criado para aquecer o mercado – em especial o varejo e o comércio – antes das vendas de fim do ano, a data também é uma oportunidade para pequenos e médios negócios. É o momento de conquistar e fidelizar […]

 - 3 min de leitura

O Dia do Cliente está se destacando entre os empreendedores como oportunidade para vender mais

Cadastre-se em nossa newsletter
para receber conteúdo exclusivo.

Cadastro realizado com sucesso!

Você começará a receber as newsletter mensais da Parceira de Negócios em sua caixa de entrada.

Coleta de cookies

Em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados, informamos aos nossos leitores que o Blog Parceira de Negócios coleta cookies. As informações são utilizadas para melhorar a experiência de navegação e tornar nossso conteúdo cada vez mais útil e assertivo. Ler declaração de cookies

Ler declaração de cookies