fbpx
Saiba como uma análise SWOT pode impulsionar sua empresa

Análise SWOT para empresas: o que é e como fazer a sua

4 min de leitura

Você já ouviu falar em análise SWOT? Ferramenta tradicional dos planos de negócio, essa matriz também pode ser usada por pequenas e médias empresas com mais tempo no mercado!

Quer saber mais? Preparamos um guia completo para você colocar essa estratégia em prática e dar os próximos passos na sua jornada empreendedora.

Continue lendo!

O que é a análise SWOT?

A análise ou matriz SWOT é uma avaliação aprofundada de pontos fortes do negócio e desafios que ele pode enfrentar.

A sigla é uma abreviação, em inglês, das palavras Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças. Por conta disso, ela também é chamada de análise FOFA no Brasil.

Avaliação ajuda a planejar estratégia empresarial

A análise SWOT é uma ferramenta poderosa quando o assunto é planejamento e estratégia. Com ela, você pode enxergar com praticidade e clareza quais são os pontos de atenção para o futuro do seu negócio.

Esse tipo de avaliação pode ser útil, em especial, para quem está desenvolvendo um planejamento estratégico. A análise SWOT é um dos primeiros passos para a elaboração desse documento.

E atenção: é importante que tanto a SWOT quanto o planejamento estratégico sejam revisados com frequência, para que você sempre tenha em mãos as informações mais atuais.

Conte com a ajuda do seu time para fazer a análise SWOT da sua empresa

Como fazer a análise SWOT da minha empresa?

Com a matriz SWOT pronta, você terá uma visão clara e prática do cenário atual do seu negócio, bem como do mercado em que você está inserido. Informações valiosas para pequenas e médias empresas, certo?

Para começar a matriz SWOT da empresa, defina seu objetivo. Por exemplo, uma avaliação do cenário para um lançamento específico ou um reposicionamento do negócio no pós-crise.

Depois, é o momento de avaliar recursos, ambiente interno e o seu mercado. Também vale contar com a participação de sua equipe nesse momento!

Passo a passo para criar sua matriz SWOT

Não sabe por onde começar sua análise? Dividimos o processo em algumas etapas para te ajudar!

  1. Forças

O item Forças diz respeito ao ambiente interno da sua empresa, ou seja, aspectos sobre os quais o empreendedor tem controle. São seus principais diferenciais com relação aos concorrentes. Aqui, podem ser incluídos:

– Recursos humanos;

– Equipamentos;

– Experiência e reputação no mercado;

Seu marketing;

– Localização.

  1. Fraquezas

Se de um lado temos as vantagens, as Fraquezas se referem a desvantagens competitivas em relação aos seus principais concorrentes. Isso nos lembra o quão importante é ficar de olho na sua concorrência!

Pense no que pode prejudicar sua empresa:

– Situação financeira;

– Rotatividade de funcionários;

– Custos elevados;

– Dificuldades de logística.

Repare que, assim como as Forças, são aspectos sobre os quais sua empresa pode atuar e melhorar.

  1. Oportunidades

É o momento de olhar o mercado em que seu negócio se insere. As Oportunidades são fatores externos que favorecem seu serviço ou produto, como por exemplo:

– Mudanças de comportamento do consumidor ;

– Tendências de consumo;

– Grandes eventos e datas comemorativas.

Note que, ao contrário dos itens anteriores, esses não podem ser controlados diretamente pelos empreendedores.

  1. Ameaças

Já as Ameaças formam um contexto que pode prejudicar o negócio. Por isso, também é importante mantê-las no radar enquanto dono de uma PME. Por exemplo:

– Preços de materiais;

– Alta do dólar;

– Condições climáticas;

O quadrante ajuda a representar a análise SWOT de uma empresa (adaptada do blog Run Run It)

Ao final, você pode organizar todos esses dados de forma visual. A visualização em quadrantes é uma das mais tradicionais, mostrando as informações lado a lado.

Da teoria à prática: use a análise SWOT em sua estratégia

Acima de tudo, a matriz SWOT deve ser mais um material para uma atuação estratégica. Consulte-a sempre para ter em mente aspectos importantes – seja da empresa ou do mercado em geral – para tomar as melhores decisões!

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam útil: 6 de 6

Gostou? Compartilhe!

Pode ser que você goste...

O que é copywriting e como aplicá-lo em sua estratégia de marketing e vendas

5 min de leitura Você já ouviu falar do poder do copywriting para alavancar vendas? Se ainda não ouviu, está perdendo uma grande oportunidade de incrementar sua estratégia de conteúdo voltado para conversão. Usado desde 1828 por redatores publicitários com o intuito de atrair e convencer potenciais clientes, o copywriting pode ser a peça que […]

 - 5 min de leitura

O copywriting é uma técnica textual conhecida como a arte da persuasão

Cadastre-se em nossa newsletter
para receber conteúdo exclusivo.

Cadastro realizado com sucesso!

Você começará a receber as newsletter mensais da Parceira de Negócios em sua caixa de entrada.

Coleta de cookies

Em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados, informamos aos nossos leitores que o Blog Parceira de Negócios coleta cookies. As informações são utilizadas para melhorar a experiência de navegação e tornar nossso conteúdo cada vez mais útil e assertivo. Ler declaração de cookies

Ler declaração de cookies