fbpx
Veja como criar um chatbot para o seu negócio

Como criar um chatbot para o meu negócio

4 min de leitura

Criar um chatbot pode parecer difícil, mas não é bem assim. Para essa jornada, fizemos um passo a passo para você começar a mapear a criação dessa ferramenta e usufruir dos seus diversos benefícios.

Mas se você não sabe o que é um chatbot e como ele pode beneficiar a sua empresa, nós já explicamos tudo aqui no blog. Agora, se você já está familiarizado com a tecnologia e quer criar um para o seu negócio, então continue lendo!

Por que criar um chatbot?

Desde sua apresentação inicial na década de 1950 quando o artigo “Computing Machinery and Intelligence,” publicado por Alan Turing, ganhou notoriedade por levantar a questão “seriam as máquinas capazes de pensar?”, muito mudou, especialmente no que diz respeito ao seu uso mais focado no meio empresarial e na construção do relacionamento com o cliente.

Além disso, os consumidores, cada vez mais, desejam um atendimento de qualidade, independente do canal de comunicação, de acordo com a pesquisa da Take em parceria com a Opinion Box. Ela também aponta que 4 em cada 10 entrevistados preferem conversar por mensagem com as empresas.

Mais agilidade no atendimento

Os chatbots se comportam como uma espécie de assistente que interage por meio de mensagens de texto automatizadas e oferecem uma série de auxílios aos seus clientes. Muitas vezes, as dúvidas mais frequentes podem ser respondidas por eles, o que desafoga as chamadas de um atendimento mais especializado, e, consequentemente, mais custoso.

Novas possibilidades de relacionamento

Empresas de todos os tamanhos fazem uso do chatbot para alcançar clientes de diferentes estágios da audiência. Acontece que os chatbots aprendem conforme vão interagindo com o usuário, o que possibilita uma comunicação mais personalizada e confiável. Além disso, com base no histórico de mensagens com o usuário, ele pode sugerir determinados tipos de conteúdo de acordo com as palavras utilizadas durante o diálogo. Para os empresários e donos de negócio, o sentido inverso é se apropriar desses termos mais utilizados e criar pautas e material específico para a captação de leads.

Ao criar um chatbot você tem novas possibilidades de relacionamento com o cliente

Como criar um chatbot

A parte que requer mais atenção na construção de seu chatbot é a questão da experiência do usuário e não a habilidade técnica em si. O que vai definir se o seu chatbot é bem-sucedido ou não é se as pessoas voltam a usá-lo regularmente.

  1. Defina um objetivo claro: pode ser por meio de uma lista com todas as funções que o seu chatbot precisaria realizar.
  2. Escolha o canal de interação: algumas empresas optam por usar chatbots em suas redes sociais, website, ou qualquer outra plataforma de mensagens. Se você ainda não tem um site, utilize o nosso serviço Presença Digital by Uol! Mas o ideal é que você consiga identificar qual seu cliente usa mais para se comunicar.
  3. Configure um servidor para executar seu chatbot: a construção pode ser feita com ou sem plataforma. Ao optar por não se vincular a uma, o software é conectado diretamente às redes sociais ou sites, o que não é tão prático porque você terá que prever todas as perguntas. Já com uma plataforma, esse trabalho é facilitado pois a Inteligência Artificial dessas ferramentas pode indicar quais caminhos são os mais recomendados de acordo com as mensagens recebidas.
  4. Escolha sua ferramenta: existem várias disponíveis no mercado e, algumas, até mesmo dentro das próprias redes sociais. A mais popular é a Drift, que oferece um plano gratuito para você usar. No Facebook, você pode criar um chatbot com o Facebook Messenger e o Chatfuel, uma opção muito completa e gratuita. Outra opção é a BLiP, que disponibiliza uma plataforma intuitiva onde é possível estruturar, testar e publicar um chatbot em poucas etapas.

Você ainda pode realizar customizações específicas e contar com conteúdos de suporte para adaptar o chatbot a cada demanda personalizada. Algumas dessas ferramentas permitem a integração com outras soluções e canais de publicação, o que pode trazer ainda mais vantagens ao seu negócio.

O que fazer depois de criar seu chatbot?

Após ter criado o seu chatbot, você precisa continuar adaptando-o e melhorando-o de acordo com as interações captadas e os feedbacks recebidos. O aperfeiçoamento dos chatbots não segue uma linha linear com começo, meio e fim, e sim uma série de ciclos que foquem em ajustes e entregas de melhores resultados. Agora que você já conhece mais sobre a construção do chatbot e o que é, que tal adotar essa facilidade no seu negócio e otimizar o seu atendimento?

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam útil: 1 de 1

Gostou? Compartilhe!

Pode ser que você goste...

Use o marketing de experiência a seu favor

3 min de leitura O marketing de experiência mudou a forma de interação das marcas com seus clientes nos últimos anos. Dessa forma, a estratégia reflete diretamente nas decisões futuras de compra e na maneira como seus consumidores se relacionam com a empresa. A técnica também é conhecida como marketing sensorial. Afinal, trabalha com as […]

 - 3 min de leitura

Saiba como o marketing de experiência pode transformar sua empresa

Cadastre-se em nossa newsletter
para receber conteúdo exclusivo.

Cadastro realizado com sucesso!

Você começará a receber as newsletter mensais da Parceira de Negócios em sua caixa de entrada.

Coleta de cookies

Em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados, informamos aos nossos leitores que o Blog Parceira de Negócios coleta cookies. As informações são utilizadas para melhorar a experiência de navegação e tornar nossso conteúdo cada vez mais útil e assertivo. Ler declaração de cookies

Ler declaração de cookies