fbpx
Veja como o planejamento estratégico favorece pequenas e médias empresas

Como criar um planejamento estratégico para meu negócio

5 min de leitura

Um planejamento estratégico é de grande valor para pequenas e médias empresas – principalmente aquelas que estão voltando de um período de pós-crise, marcado por reorganização e desafios.

Com o documento, você saberá exatamente onde está o seu negócio e como chegar aonde quer. Mas você conhece todos os benefícios de criar um para a sua empresa?

Conheça, em detalhes, um planejamento estratégico e veja como aplicá-lo no seu negócio.

O que é um planejamento estratégico?

Um planejamento estratégico, assim como o nome sugere, busca criar estratégias que guiem a empresa para o crescimento desejado. É um documento de uso diário, ao contrário do plano de negócios.

Portanto, ele deverá ser usado para a tomada de decisões, distribuição de recursos, entre outras tarefas administrativas do seu negócio.

Nele, devem ser analisados:

– O atual momento da sua empresa;

– Cenários de mercado;

– Concorrência;

Tendências da sua área de atuação;

– Metas para o seu negócio.

Embora o planejamento estratégico seja conduzido pelo líder da empresa, é importante contar com representantes de todas as áreas contempladas pelo negócio durante sua criação.

Dessa forma, você terá uma visão macro e mais detalhada de suas atividades.

O planejamento estratégico te ajudará a entender o momento atual da sua empresa

Por que o plano é relevante para pequenas e médias empresas?

Apesar de estar associado aos primeiros passos de um negócio, o planejamento estratégico pode ser feito a qualquer momento em uma empresa.

Hoje, empreendedores enfrentam um mercado em constante transformação. Ter um planejamento estratégico é de extrema ajuda em períodos de grandes reorganizações – incluindo os de pós-crise da pandemia, como o que vivemos.

Para pequenas e médias empresas, que podem ter recursos limitados, isso é ainda mais essencial. Você poderá avaliar o que está disponível e o cenário a ser enfrentado para investir de forma mais inteligente na sua trajetória.

Planejamento estratégico: passo a passo para criar o seu

Para que a criação do planejamento estratégico seja mais fácil e prática, o processo pode ser dividido em etapas. Confira quais são elas:

Análise SWOT: faça o diagnóstico do seu negócio

Sigla em inglês, para “Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças”, uma análise SWOT mapeia a situação da sua empresa no mercado, avaliando fatores internos e externos que possam impactar suas atividades.

Para cada parte, analise:

– Forças: o que seu negócio faz de melhor?

– Fraquezas: quais são suas desvantagens em relação aos competidores?

– Oportunidades: que fatores externos (por exemplo, uma nova tendência de consumo) podem beneficiar sua empresa?

– Ameaças: quais são os obstáculos do mercado para sua atividade?

Assim, sua conjuntura fica mais clara, o que te ajudará a pensar nas medidas a serem tomadas para fortalecer sua empresa.

Estabeleça metas para o período

Cenário mapeado, é hora de estabelecer as metas da sua empresa para o período. Nesse sentido, você pode definir objetivos, principalmente, para curto e médio prazo.

Isso é importante para garantir que se tratam de metas viáveis para o tempo e recursos que você tem. Nesse momento, o ideal é focar naquelas que podem ser quantificadas. Por exemplo, aumentar seu faturamento em 10% ou recuperar 20% da sua base de clientes.

Lembre-se também de definir parâmetros que indiquem o desempenho das suas ações. Eles irão te ajudar a mensurar se estes resultados estão sendo alcançados.

O planejamento estratégico também estabelece metas claras e realizáveis para a empresa

O planejamento estratégico deve se desdobrar em um plano de ação

Agora que você já mapeou esses aspectos, é hora de tirar seu planejamento estratégico do papel. Ele deve se desdobrar em um plano de ação – isto é, dividi-lo em tarefas para serem executadas por cada colaborador.

Não esqueça de documentá-las no próprio planejamento, o que lhe ajudará a manter o controle dessa divisão e a saber a quem recorrer a qualquer momento.

Organize-as por prioridade de execução, de forma que tarefas urgentes sejam realizadas primeiro. Assim, é possível aproveitar melhor o trabalho da equipe e os recursos da sua empresa.

Colaboração e monitoramento devem fazer parte da rotina nesse momento

Para garantir que o plano estratégico seja efetivo, é necessário contar com a colaboração de todos os funcionários. Inclua-os nas discussões sobre a importância desse momento!

Além disso, é necessário acompanhar o que está sendo feito de perto. Estratégias de monitoramento, como reuniões ou avaliações, devem ser incluídos na rotina.

Reorganize sua empresa: com um planejamento estratégico, ela irá cada vez mais longe!

Esse artigo foi útil?

Seja o primeiro a votar neste artigo

Gostou? Compartilhe!

Pode ser que você goste...

Como a jornada do consumidor ajuda empresas a vender mais

5 min de leitura A decisão de compra não é aleatória: ela pode ser explicada pela jornada do consumidor. Ela, basicamente, analisa em etapas o caminho que um potencial cliente segue até o momento da compra. Um relatório da Hubspot The Ultimate List of Marketing Statistics for 2018, embasa o conceito. Ele mostra que 81% do […]

 - 5 min de leitura

Entender a jornada do consumidor ajudará seu negócio a crescer cada vez mais

Cadastre-se em nossa newsletter
para receber conteúdo exclusivo.

Cadastro realizado com sucesso!

Você começará a receber as newsletter mensais da Parceira de Negócios em sua caixa de entrada.

Coleta de cookies

Em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados, informamos aos nossos leitores que o Blog Parceira de Negócios coleta cookies. As informações são utilizadas para melhorar a experiência de navegação e tornar nossso conteúdo cada vez mais útil e assertivo. Ler declaração de cookies

Ler declaração de cookies