fbpx
Ao escolher o melhor meio de transporte para iniciar seu serviço de entregas é preciso analisar itens como mobilidade e velocidade

E-commerce na prática: implemente um serviço de entregas e fature mais com a sua empresa

4 min de leitura

Implementar um serviço de entregas pode auxiliar o seu negócio a faturar mais e conquistar novos clientes. Por oferecer mais comodidade ao cliente, o delivery vem crescendo e se consolidando no mercado como um diferencial para pequenas e médias empresas.

Nos últimos meses, o e-commerce brasileiro cresceu 18% em relação ao ano anterior de acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). A pesquisa aponta os serviços de entrega dos pequenos negócios, marketplaces e as compras via smartphones como os principais responsáveis pelos 342 milhões de pedidos de quase 68 milhões de consumidores.

Que tal atrair parte desses 68 milhões de consumidores para o seu negócio? Leia até o final para descobrir como implementar um serviço de entregas no seu estabelecimento.

Analise seu tempo de produção

Antes mesmo de escolher a melhor forma de entregar seus produtos, é preciso analisar o seu tempo de produção para somá-lo ao tempo médio de entrega. Ter este cálculo em mente ajudará a alinhar as expectativas do cliente.

Se os seus produtos são personalizados e podem levar mais de um dia para a produção, vale deixar claro que que o tempo de entrega será maior. Já se os produtos são de pronta entrega e você leva apenas 10 minutos, ótimo! Leve este tempo em consideração ao somá-lo ao tempo de entrega.

Escolha o veículo que se encaixe no seu negócio

Quando falamos do meio de transporte, é importante levar em consideração que tipo de produto você vende. Grandes cargas, por exemplo, não poderiam ser levadas por uma moto ou bicicleta, mas para produtos menores, é um bom começo.

Analise seu modelo de negócio e entre em contato com entregadores ou transportadoras, a fim de encontrar o melhor preço para os seus clientes. Se você tem um carro ou moto, calcule o valor da gasolina para realizar entregas pessoalmente. Se trabalha no ramo alimentício, aplicativos de delivery como Rappi, iFood e Uber Eats cobram uma taxa para oferecer o serviço de entrega.

Analise as opções e mãos na massa!

Delimite a área e horários de entrega

Dependendo do meio de transporte escolhido, você precisará definir a distância e um horário limite para realizar entregas aos seus clientes.
Deixe claro se sua empresa entrega em outros bairros e até mesmo em outras cidades. Estabeleça uma faixa de horário fixa para que os clientes saibam quando poderão contar com o serviço de entrega.

A entrega é um ponto de contato com o cliente. Preze por um bom atendimento.
A entrega é um ponto de contato com o cliente. Preze por um bom atendimento.

Ofereça um bom atendimento

Os consumidores tendem a retornar e confiar em estabelecimentos que prestam um bom atendimento. A qualidade do seu atendimento ao receber o pedido – seja ele via Whatsapp, Instagram ou Aplicativo de delivery – e a velocidade nas respostas aos clientes são fatores que pesam bastante na avaliação.

Por isso, além de qualidade ao atender é essencial contar com um plano de internet que não te deixe na mão e te dê liberdade para utilizar os aplicativos necessários para manter uma comunicação eficiente.

Alinhe com seus atendentes melhores práticas para estabelecer um relacionamento eficaz e encantador com o consumidor. E, se possível, realize cursos in company e treinamentos para que eles entendam que são representantes da sua empresa.

Disponibilize meios diversos de pagamento

Dinheiro na mão é essencial, mas facilitar as formas de pagamento para o seu cliente pode aumentar e muito seu volume de vendas. Oferecer possibilidades como pagar com cartão de crédito, débito ou até mesmo com Tickets Refeição – nos casos de empresas alimentícias – tende a atrair e fidelizar clientes.

Ter uma máquina de cartão pode te ajudar a viabilizar mais vendas, principalmente em períodos delicados como o final do mês.
Serviços de delivery demandam uma logística detalhada e maior do que parece. Mas o retorno, sem dúvida alguma, é positivo e tende a melhorar. O comportamento do consumidor mudou bastante nos últimos meses e continuará a mudar nos próximos anos.

Aproveite a oportunidade para observar o mercado, descobrir o que seu público gosta e consolidar o seu negócio com serviços de entrega.

Esse artigo foi útil?

Usuários que acharam útil: 3 de 3

Gostou? Compartilhe!

Pode ser que você goste...

O que faz um gestor: 5 habilidades essenciais para se tornar um bom gestor de empresas

4 min de leitura Você já se perguntou quais as habilidades necessárias para se tornar um bom gestor de empresas? Disciplina, pensamento estratégico e resiliência são apenas algumas características que compõem o perfil do profissional. Desenvolver tais habilidades é essencial para o proprietário de pequenas e médias empresas, uma vez que, na maioria dos casos, […]

 - 4 min de leitura

Um bom gestor deve se empenhar para ser, também, um bom líder

Cadastre-se em nossa newsletter
para receber conteúdo exclusivo.

Cadastro realizado com sucesso!

Você começará a receber as newsletter mensais da Parceira de Negócios em sua caixa de entrada.

Coleta de cookies

Em acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados, informamos aos nossos leitores que o Blog Parceira de Negócios coleta cookies. As informações são utilizadas para melhorar a experiência de navegação e tornar nossso conteúdo cada vez mais útil e assertivo. Ler declaração de cookies

Ler declaração de cookies